terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Perdeu o colo...
















Pode chamar-se Pedro, Tiago, Fábio, Miguel ou Francisco,
Não interessa, o que importa é que perdeu o colo!

Está a chegar a hora da aula...
E vou enfrentar aquele menino,
Aquele menino que perdeu o colo,
e com ele o sorriso.

Faz algumas horas que penso e repenso
Mas o que posso dizer?
Mas como devo agir?...
Fico angustiada... o tempo urge...

E o que posso dizer?
Como devo agir?
Esgotou-se o tempo...
Perante aquele olhar vago, triste, de olheiras profundas,
Não consegui o melhor para dizer, nem a atitude certa para agir.
Simplesmente saiu de mim:
Um sorriso aberto e um beijinho de solidariedade.

Terá servido de reconforto?
Terei conseguido transmitir
a forma como desejo que divida comigo essa dor?
O quão disponível estou para o abraçar.

Queria dizer-te:
Não deixes que essa ausência de colo
se torne num abismo.
Há tantas pessoas dispostas a colorir os teus dias!

Beijinho a ti e a todos os meninos sem colo.

2 comentários:

Ronnicesse disse...

Pois custa ver, e custa sentir os outros a sofrer...
custa olhar e ver que nao se pode fazer nada!
mas custa mais nao poder tirar, ou diminuir essa dor!
sabe Kami, quando nao se pode fazer nada, doi, mas com um simples sorriso, com uma simples palavra ou ate com um carinho, se faz alguem sorrir numa tristeza sem fim...
Um grande beijo.
Amiga do meu coração.
Ronnicesse Lopez

Kami disse...

Tu és o máximo...
Esse coração, que sabe sempre partilhar do sentir do outro! Gosto!
Saudades, beijiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinhos

Até logo, até amanhã, e depois também, e sempre que pensar em ti.